Como saber se é TDAH?

Compartilhe nas redes sociais

Como saber se é TDAH? Se você já se deparou com desafios de concentração, impulsividade e hiperatividade, é bem provável que em algum momento, você tenha se perguntado se possui o Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH). 

Identificar os sintomas desse transtorno, seja em si mesmo ou em pessoas próximas, é de suma importância para realizar o devido tratamento, posto que esses sintomas podem causar dificuldades significativas no dia a dia, tanto na vida pessoal quanto acadêmica e profissional.

Sendo assim, se você está se perguntando como saber se é TDAH, é importante estar atento aos sinais e sintomas. Para ajudá-lo nesse processo nós da equipe Barralife trouxemos um artigo completo para tirar todas suas dúvidas, incluindo os principais indícios desse transtorno. Veja a seguir: 

O que é o TDAH?

Em primeiro lugar, se você está se perguntando como saber se é TDAH, deve entender o que significa esse termo. Trata-se de um distúrbio de desenvolvimento cerebral que afeta a atenção, a hiperatividade e a impulsividade. 

Na prática, as pessoas com TDAH podem ter dificuldade em prestar atenção, se concentrar em tarefas, controlar seus impulsos e se comportar de forma adequada. . É um dos transtornos mais comuns na infância, afetando cerca de 5% das crianças em idade escolar. No entanto, essa condição também pode afetar adolescentes e até mesmo adultos. 

Como o TDAH afeta a vida das pessoas?

O TDAH pode afetar a vida das pessoas de várias maneiras, incluindo:

  • Na escola ou no trabalho: as pessoas com TDAH podem ter dificuldade em acompanhar as aulas ou as tarefas, o que pode levar a problemas de desempenho acadêmico ou profissional.
  • Nas relações pessoais: quem possui esse diagnóstico pode ter dificuldade em manter relacionamentos saudáveis, devido a problemas de atenção, impulsividade e hiperatividade.
  • Na saúde: o TDAH pode aumentar o risco de problemas de saúde mental, como ansiedade e depressão.

Quais são os principais sinais para saber se é TDAH?

Entre os principais sinais para saber se é TDAH, estão:

  • Dificuldade em prestar atenção em detalhes ou comete erros por descuido;
  • Dificuldade em manter o foco em tarefas ou atividades;
  • Não consegue seguir instruções ou completar tarefas até o fim;
  • Dificuldade em organizar tarefas e atividades;
  • Evita ou não gosta de atividades que exijam esforço mental contínuo;
  • Perde coisas necessárias para tarefas ou atividades;
  • Está facilmente distraído por estímulos externos;
  • Sente-se agitado ou inquieto;
  • Tem dificuldade em ficar sentado;
  • Fala muito;
  • Corre ou sobe demais em situações inapropriadas;
  • Fala ou age sem pensar;
  • Interrompe os outros;
  • Tem dificuldade em esperar sua vez.

Em crianças, por exemplo, pode haver a necessidade de atenção em tarefas escolares ou brincadeiras por longos períodos. Já em adolescentes, é comum que dificuldades acadêmicas surjam, devido à falta de organização e foco. Por fim, os adultos sofrem para manter a organização nas tarefas do dia a dia. 

Como é feito o diagnóstico do TDAH?

Se você está preocupado(a) em saber se é TDAH, é importante procurar o diagnóstico de um profissional, isto é, de um médico ou psicólogo, que o realizam com base em uma avaliação dos sintomas e do histórico do paciente.

É importante ressaltar que, para ser diagnosticado com essa condição, os sintomas devem estar presentes em pelo menos dois ambientes (por exemplo: casa e escola) e causar prejuízos significativos na vida do indivíduo.

Qual é o melhor tratamento para o TDAH?

No que se refere ao tratamento do TDAH, podem ser realizadas desde terapias comportamentais até o uso de medicamentos. Em geral, essas medicações são estimulantes, que ajudam a melhorar a atenção, a concentração e o controle dos impulsos. Porém, existem também opções de tratamento não farmacológico para o TDAH. Essas opções incluem:

  • Terapia comportamental: ajuda os indivíduos a desenvolverem estratégias para lidar com os sintomas do transtorno.
  • Treinamento de habilidades: auxilia no desenvolvimento de habilidades importantes para a vida, como por exemplo: organização, planejamento e resolução de problemas.
  • Mudanças no ambiente: as mudanças no ambiente, como a criação de um local calmo e organizado, também podem ajudar as pessoas com TDAH a lidar com os sintomas do transtorno.

Lembre-se que cada caso é único, e a escolha do tratamento deve considerar as necessidades específicas do indivíduo. No entanto, em todos os casos, o diagnóstico precoce e o tratamento adequado são fundamentais para melhorar a qualidade de vida. 

A melhor forma de lidar com o TDAH em cada faixa-etária

Muito além de saber se é TDAH, é importante entender como lidar com essa condição, sobretudo se você possui algum familiar com o diagnóstico. Neste caso, separamos algumas dicas específicas para cada faixa-etária. Confira abaixo:

Crianças

  • Converse com o professor da criança sobre os sintomas do TDAH. Ele pode ajudar a adaptar as atividades escolares para atender às necessidades da criança.
  • Estabeleça rotinas e limites claros. Isso ajudará a criança a se sentir mais segura e organizada.
  • Incentive a criança a praticar atividades físicas regularmente. Isso porque, elas podem ajudar a melhorar a atenção e a concentração.

Adolescentes

  • Converse com o orientador escolar do adolescente. Ele poderá ajudá-lo na criação de habilidades para lidar com os desafios da escola.
  • Incentive o adolescente a participar de atividades extracurriculares, tendo em vista que elas serão fundamentais para a criação de habilidades sociais, de modo que ele se sinta mais confiante.
  • Ofereça apoio e compreensão, pois o adolescente com TDAH pode se sentir isolado e diferente dos outros.

Adultos

  • Converse com o seu médico ou psicólogo sobre o tratamento adequado para o TDAH.
  • Aprenda a gerenciar o seu tempo e a organizar as suas tarefas.
  • Estabeleça metas realistas para si mesmo.
  • Busque apoio de familiares e amigos.

Consulte um médico para saber se é TDAH. 

Em conclusão, se você possui algum dos sintomas indicados ou possui alguém próximo com indícios e quer saber se é TDAH, o ideal é consultar um profissional o quanto antes. Reconhecer os sinais é o primeiro passo para buscar suporte e entender melhor como lidar com os desafios associados.

E se precisar de ajuda, conte conosco! O Barralife Medical Center é um complexo de saúde integrado, com mais de 100 especialistas da medicina e da área de saúde em geral.

Nos preocupamos em fornecer todo o suporte necessário para a sua saúde e de toda sua família. Acreditamos que a empatia e o acolhimento são pilares para o desenvolvimento de uma medicina humanizada.

Quer saber mais? Visite nosso site ou entre em contato pelo nosso telefone: (21) 3078-1000

Categorias

Publicações relacionadas

Cólica Forte Não é Frescura

Conheça as 12 Fases da Síndrome de Burnout

Compartilhe esse espaço

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
Twitter
Telegram
Email