Qual a diferença entre bronquite e bronquiolite?

Compartilhe nas redes sociais

Você já se perguntou qual a diferença entre bronquite e bronquiolite? Apesar de compartilharem alguns sintomas, essas condições apresentam características distintas. Entender o que as difere é fundamental para um diagnóstico e tratamento adequados e, portanto, para manter a saúde respiratória.

Pensando nisso, o time do Barralife preparou um artigo para explorar a diferença entre bronquite e bronquiolite, seus sintomas, causas, tratamentos e medidas de prevenção. Vamos lá? Acompanhe a seguir: 

O que é bronquite?

Em primeiro lugar, para saber a diferença entre bronquite e bronquiolite, é importante compreender o conceito de cada uma em específico. A bronquite se caracteriza pela inflamação dos brônquios, tubos que transportam o ar dos pulmões. Essa inflamação pode ser aguda, geralmente causada por vírus ou bactérias, ou crônica, persistindo por longos períodos e frequentemente associada à exposição a irritantes como fumaça de cigarro ou poluentes.

Geralmente, ela se divide em três tipos: a aguda, crônica e a alérgica. A aguda possui duração inferior a três meses e geralmente é causada por vírus ou bactérias. Já a crônica tem duração superior a três meses, frequentemente associada à exposição a irritantes como fumaça de cigarro ou poluentes. 

Por último existe a alérgica, causada por alérgenos como poeira, ácaros ou mofo, desencadeando sintomas semelhantes à asma. 

Sintomas da bronquite

Entre os principais sintomas da bronquite, estão: 

  • Tosse: Principal sintoma, podendo ser seca, produtiva (com catarro) ou persistente.
  • Chiado no peito: Um som sibilante audível durante a respiração.
  • Dificuldade para respirar: Sensação de falta de ar, especialmente durante atividades físicas.
  • Dor no peito: Desconforto variável, podendo piorar com a tosse.
  • Febre: Mais comum na bronquite aguda, podendo estar associada a calafrios.
  • Cansaço excessivo: Fadiga e falta de energia, especialmente durante a fase aguda da doença.

O que é bronquiolite?

A bronquiolite é uma infecção viral que afeta as vias aéreas menores dos pulmões, conhecidas como bronquíolos. É, portanto, mais comum em bebês e crianças pequenas. Além disso, a bronquiolite pode ser grave e exigir hospitalização.

Sintomas da bronquiolite

Entre os principais sintomas da bronquiolite, estão: 

  • Tosse: Principal sintoma, podendo ser seca, produtiva (com catarro) ou persistente.
  • Chiado no peito: Um som sibilante audível durante a respiração.
  • Dificuldade para respirar: Sensação de falta de ar, especialmente durante a amamentação ou alimentação.
  • Coriza: Secreção nasal abundante e clara.
  • Febre: Mais comum em bebês, podendo estar associada a calafrios.
  • Sibilo: Ruído audível durante a respiração, geralmente pior ao expirar.
  • Perda de apetite: Diminuição do interesse em se alimentar.

Qual a diferença entre bronquite e bronquiolite?

A diferença entre bronquite e bronquiolite está em diversos fatores, incluindo idade afetada, causa, duração, gravidade, formas de prevenção e tratamento, entre outros. Veja a seguir: 

CaracterísticaBronquiteBronquiolite
Idade afetadaAdultos e criançasBebês e crianças pequenas (até 2 anos)
CausaVírus, bactérias, irritantes (fumaça, poluentes)Vírus respiratórios (VSR, rinovírus)
DuraçãoAguda (menos de 3 meses) ou crônica (mais de 3 meses)Aguda (menos de 3 meses)
GravidadeGeralmente menos gravePode ser grave em bebês e crianças pequenas
TratamentoMedicamentos (antibióticos, broncodilatadores), repouso, hidrataçãoSuporte respiratório (oxigênio), hidratação, fisioterapia respiratória
PrevençãoEvitar contato com pessoas doentes, vacinação (gripe), controle de irritantesAmamentação, lavagem frequente das mãos, evitar contato com pessoas doentes

Como ocorre o diagnóstico da bronquite e bronquiolite?

O diagnóstico de ambas as condições envolve uma combinação de histórico clínico, exame físico e, em alguns casos, exames adicionais como radiografias e testes de função pulmonar.

Para a bronquite aguda, o diagnóstico geralmente é clínico, baseado nos sintomas apresentados. Em casos de bronquite crônica, pode ser necessário realizar exames de imagem e testes de função pulmonar para avaliar a extensão do comprometimento respiratório.

No caso da bronquiolite, o diagnóstico também se baseia nos sintomas e na idade da criança. Além disso, é possível que haja a necessidade de testes adicionais, como a oximetria de pulso (para medir os níveis de oxigênio no sangue), para avaliar a gravidade da infecção.

Quanto ao tratamento, qual a diferença entre bronquite e bronquiolite?

A diferença entre bronquite e bronquiolite também pode se apresentar no tratamento. Veja como funciona:

Bronquite

O tratamento da bronquite aguda é principalmente sintomático. Pode incluir, portanto, o descanso, hidratação adequada; uso de antitérmicos e analgésicos para controlar febre e dor; e uso de xaropes expectorantes ou supressores de tosse, conforme necessário.

Em geral, não são recomendados antibióticos, a menos que haja suspeita de infecção bacteriana. No entanto, em todos os casos, é importante conversar com seu médico para um diagnóstico e tratamento individualizado. 

O tratamento da bronquite crônica, por sua vez, pode envolver:

  • Evitar irritantes pulmonares, como a fumaça de cigarro;
  • Uso de medicamentos broncodilatadores e corticosteroides inalatórios;
  • Reabilitação pulmonar;
  • Em casos graves, oxigenoterapia.

Bronquiolite

O tratamento da bronquiolite é de suporte, focando no alívio dos sintomas e no monitoramento da criança. As principais medidas são: 

  • Manter a hidratação da criança;
  • Uso de nebulização com solução salina para ajudar a desobstruir as vias aéreas;
  • Monitoramento dos níveis de oxigênio e, se necessário, administração de oxigênio suplementar;
  • Hospitalização em casos graves, especialmente se houver grande dificuldade respiratória.

Conte com o time do Barralife para cuidar da sua saúde respiratória! 

Por fim, esperamos que este artigo tenha auxiliado a sanar suas principais dúvidas sobre a diferença entre bronquite e bronquiolite. Enquanto a bronquite é mais comum em adultos e pode ser tanto aguda quanto crônica, a bronquiolite é uma infecção infantil que requer cuidados especiais. 

Em ambos os casos, a prevenção através de boas práticas de higiene e, no caso da bronquite, evitando irritantes pulmonares, é fundamental para manter a saúde respiratória. 

Por isso, se você ou seu filho apresentarem sintomas de qualquer uma dessas condições, é importante buscar atendimento médico para um diagnóstico preciso e um plano de tratamento adequado. Na Barralife Medical Center, temos uma estrutura completa e profissionais qualificados para tratar tanto a bronquite, como a bronquiolite. 

Nossas clínicas parceiras e especialistas em doenças respiratórias, como a pneumologista Dra. Angela Chindamo, Dr. Ferraz Assistência Médica e a Clínica Otolife, por exemplo, possuem todo o suporte que você precisa. Acesse nosso site e encontre o médico e/ou clínica ideal para realizar seu tratamento!

Categorias

Publicações relacionadas

Cólica Forte Não é Frescura

Conheça as 12 Fases da Síndrome de Burnout

Compartilhe esse espaço

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
Twitter
Telegram
Email