Qual o melhor anticoncepcional para mim?  

Compartilhe nas redes sociais

Saiba como definir a melhor opção de anticoncepcional!

Você já se perguntou qual é o melhor anticoncepcional para você? A escolha do método contraceptivo ideal é uma decisão importante para toda mulher. Afinal, além de ser responsável por prevenir uma gravidez indesejada, oferece outros benefícios, como a redução do fluxo menstrual, a melhora da acne e o controle da dor pélvica.  

Vale destacar, porém, que com tantas opções disponíveis no mercado, pode ser difícil saber qual é a melhor para você. Por isso, é preciso levar em consideração alguns fatores, como por exemplo seu histórico médico e estilo de vida, a fim de encontrar um medicamento que atenda às suas necessidades específicas. 

Nesse cenário, preparamos um artigo com tudo que você precisa saber, incluindo diferentes métodos disponíveis e os fatores que devem ser considerados na hora de definir, com apoio médico, qual o melhor anticoncepcional para você. Acompanhe a seguir: 

Quais são os principais tipos de métodos contraceptivos?

Em primeiro lugar, é preciso levar em consideração que existem diversos tipos de anticoncepcionais disponíveis no mercado. Lembre-se, porém, que cada um deles possui suas próprias características e benefícios. Veja os principais tipos a seguir: 

  • Pílula anticoncepcional: é o método contraceptivo oral mais popular. É composta por uma combinação de estrogênio e progesterona, que atuam inibindo a ovulação. Pode-se tomar diariamente, por 21 dias, com uma pausa de 7 dias, ou de forma contínua, sem pausas.
  • Injeção anticoncepcional: trata-se de um método injetável que libera hormônios no organismo por um período de 3 a 6 meses.
  • Implante anticoncepcional: consiste em um pequeno dispositivo que é inserido sob a pele do braço. Libera hormônios no organismo por um período de 3 a 5 anos.
  • Adesivos anticoncepcionais: são aplicados na pele e liberam hormônios contraceptivos ao longo do tempo. Eles oferecem praticidade, já que só precisam ser trocados uma vez por semana. Essa é uma alternativa para quem tem dificuldade em lembrar de tomar pílulas diariamente.
  • DIU hormonal: dispositivo em forma de T que é inserido no útero. Libera hormônios no organismo por um período de 3 a 5 anos.
  • DIU de cobre: dispositivo em forma de T que é inserido no útero. Não libera hormônios, mas age impedindo a implantação do óvulo fecundado no útero. Tem duração de 5 a 10 anos.
  • Anel vaginal: dispositivo em forma de anel que é inserido na vagina. Libera hormônios no organismo por um período de 21 dias, com uma pausa de 7 dias.
  • Preservativo: trata-se de um método de barreira que impede o contato dos espermatozóides com o óvulo. É o único método que protege contra doenças sexualmente transmissíveis.

Quais fatores você deve considerar na hora de escolher qual o melhor anticoncepcional?

Ao escolher qual o melhor anticoncepcional, é importante considerar os seguintes fatores:

Idade

Em primeiro lugar, você deve considerar que a idade é um fator importante para definir o melhor método para você. Geralmente, as mulheres mais jovens têm menos riscos de desenvolver problemas de saúde relacionados aos hormônios, o que pode favorecer o uso de métodos combinados (que contêm estrogênio e progesterona). 

Já mulheres mais velhas, fumantes ou com histórico familiar de doenças cardíacas ou trombose, podem precisar de métodos com menor dosagem hormonal ou que não contenham estrogênio.

Histórico médico

Existem algumas doenças, entre as quais estão a hipertensão, diabetes, enxaqueca, câncer de mama ou útero, que podem aumentar o risco de efeitos colaterais com o uso de alguns anticoncepcionais. Por isso, é importante informar ao médico sobre todos os seus problemas de saúde antes de iniciar o tratamento.

Estilo de vida

Se você é uma mulher ativa e viaja com frequência, por exemplo, pode preferir um método que seja fácil de usar e não exija que você se lembre de tomar a pílula todos os dias. Já se você tem um estilo de vida mais tranquilo, pode optar por um método que tenha uma duração mais longa, como o DIU hormonal.

Na prática, essa escolha varia muito de acordo com a rotina e o dia a dia de cada mulher. Então, em todos os casos, o ideal é conversar com sua ginecologista para receber uma orientação especializada. 

Outros benefícios desejados

Além da contracepção, alguns anticoncepcionais também oferecem outros benefícios. Muitas mulheres tomam esses medicamentos para auxiliar na redução do fluxo e cólica menstrual, melhora da acne, entre outros fatores. Por isso, se você está procurando por um método que ofereça esses benefícios, é importante informar a um especialista.

Como escolher qual o melhor anticoncepcional para você?

Como vimos acima,  existem uma série de fatores que devem ser considerados no momento de escolha do melhor anticoncepcional. Afinal, uma definição adequada e de acordo com suas necessidades específicas pode fazer a diferença para garantir o resultado que você deseja. Sendo assim, veja a seguir o passo a passo para escolher:  

1.Converse com seu médico

Antes de decidir sobre o tipo de anticoncepcional, é fundamental discutir suas opções com um profissional de saúde. Um ginecologista pode avaliar sua saúde geral, histórico médico e preferências pessoais para orientá-lo na escolha mais adequada.

2.Considere seu estilo de vida e preferências

Leve em conta seu estilo de vida ao escolher um método contraceptivo. Isso porque, esquecer de tomar pílulas diariamente pode ser um problema. Então, caso você não tenha facilidade para lembrar, opte por métodos de longa duração, como DIU ou implantes. Eles poderão ser mais adequados para esses casos!

3. Confira quais são os efeitos colaterais

Cada método contraceptivo pode ter efeitos colaterais diferentes. Em alguns casos, é possível experimentar alterações de humor, ganho de peso ou outros sintomas. Em outros, porém, esses efeitos podem variar. Por isso, confira a bula com antecedência e esteja ciente dos possíveis efeitos colaterais que você poderá sentir e discuta-os com seu médico.

4.Faça uma análise da reversibilidade do método

Se você planeja ter filhos no futuro, considere a reversibilidade do método contraceptivo. Isso porque, é possível que a fertilidade retorne de forma lenta após a interrupção de métodos de longa duração, como o implante. Então, lembre-se de destacar essas questões e discuti-las com seu médico no momento de escolha. 

Conte com o suporte dos especialistas da Barralife para definir qual o melhor anticoncepcionaç!

Por fim, este artigo tem como objetivo trazer informações imprescindíveis para quem quer saber qual o melhor anticoncepcional. Vale destacar, porém, que cada mulher possui necessidades específicas e o que funciona para uma pessoa pode não funcionar para outra. Sendo assim, em todos os casos, é fundamental o suporte médico, a fim de garantir uma escolha segura e adequada para seu organismo. 

Tenha em mente também que, independentemente do método de escolha, é essencial seguir as instruções do seu médico e realizar consultas regularmente para garantir o acompanhamento e avaliação da sua saúde. 

No Barralife Medical Center, você encontra profissionais de saúde especializados para garantir todo o suporte ao longo desse processo. Além disso, temos uma estrutura completa para realizar procedimentos de saúde com todo o cuidado, segurança e assistência que você precisa. 


Visite nosso site e encontre o médico ideal para você!

Categorias

Publicações relacionadas

Cólica Forte Não é Frescura

Conheça as 12 Fases da Síndrome de Burnout

Compartilhe esse espaço

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
Twitter
Telegram
Email